Bolsas

Câmbio

Mobius vê recuperação dos emergentes junto com economia dos EUA

Lilian Karunungan e Haslinda Amin

(Bloomberg) -- A recuperação dos mercados emergentes será "sustentada", uma vez que o fortalecimento da economia americana sob a batuta do presidente eleito Donald Trump pode impulsionar a atividade nesses países. É esta a opinião de Mark Mobius, presidente executivo do conselho da Templeton Emerging Markets Group.

O índice MSCI Emerging Markets subiu 2,6 por cento desde que atingiu a menor pontuação em quatro meses, em 14 de novembro. Algumas moedas de países em desenvolvimento - incluindo o rand sul-africano e o won sul-coreano - se recuperaram na última semana. Todas as 24 moedas de países emergentes caíram em relação ao dólar nas duas semanas seguintes à eleição nos EUA, em 8 de novembro.

"Ele provavelmente terá sucesso em ressuscitar a economia americana", disse Mobius em entrevista à Bloomberg Television em Cingapura nesta terça-feira. "Isso é bom para todos, incluindo os mercados emergentes. O programa dele, a meu ver, será o gasto pesado em infraestrutura. Gastar loucamente, acumular um déficit enorme que será preocupante para as agências de classificação de risco, o que ajudará a depreciar o dólar."

Trump vem promovendo seus planos de investimento em infraestrutura e prometeu gastar até US$ 1 trilhão em estradas, pontes e aeroportos ao longo da próxima década. Em seu discurso de vitória, o magnata do setor imobiliário disse que gostaria de tornar a infraestrutura do país melhor do que a de qualquer outro.

Para Mobius, os investidores precisam estar presentes no Brasil, China, Índia e Rússia e alocar pelo menos 30 por cento de suas carteiras em mercados emergentes. No Sudeste Asiático, ele enxerga boas oportunidades na Indonésia e na Tailândia, além do Vietnã, que caminha na direção de uma economia de mercado. A Indonésia, por exemplo, vem atraindo investimento privado para desenvolver sua infraestrutura, ele disse.

"Não vejo onda de vendas nos mercados emergentes", disse Mobius. "Já vimos isso. Provavelmente veremos uma recuperação gradual."

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos