Dona do Google faz acordo com Avis para carros autônomos

Mark Bergen

(Bloomberg) -- A Waymo, divisão de carros sem motorista da Alphabet, assinou um contrato com a Avis Budget Group para gestão da frota de veículos autônomos. É o primeiro acordo do tipo em um segmento que mal começou, mas já produziu diversas parcerias.

A locadora de veículos será responsável pela manutenção e por guardar as minivans Chrysler Pacifica da Waymo na cidade de Phoenix, nos EUA, onde a controladora do Google testa um serviço com voluntários. A Waymo será proprietária dos veículos e pagará a Avis pelo serviço. As empresas não divulgaram os detalhes financeiros do acordo, que não é exclusivo, mas tem duração de vários anos.

A Avis proporciona à Waymo um ativo potencial que concorrentes como as grandes montadoras e a Uber Technologies já têm: uma ampla rede de automóveis tradicionais que pode ser transformada em serviço autônomo de transporte com o tempo.

A Avis é dona do Zipcar, um serviço de locação de carros sob demanda que tem mais de 1 milhão de associados, principalmente nos grandes centros urbanos. O novo acordo se limita aos veículos da Waymo em Phoenix, onde o serviço-piloto foi iniciado em abril após quase uma década de pesquisas.

No entanto, a Waymo poderá replicar os sistemas de condução sem motorista em outros carros. O Zipcar faz parte da atratividade da Avis, segundo o presidente da Waymo, John Krafcik. "Um dos aspectos maravilhosos de parcerias como esta é que são abertas", ele disse.

Esta parceria é a primeira de peso que envolve a supervisão de uma frota de veículos autônomos e pode ajudar a popularizar essa tecnologia. E trata-se de uma vitória simbólica para a Avis, que agora conta com a Alphabet, pioneira do ramo e disposta a investir pesado em uma tecnologia que ainda não se provou. O faturamento da locadora de veículos vem diminuindo, pressionado pela queda no preço dos carros usados. A receita no primeiro trimestre recuou 2,2 por cento para US$ 1,84 bilhão.

Como outras empresas do setor automotivo, Avis e Hertz Global Holdings se preparam para as mudanças que os carros sem motoristas podem trazer. "Está vindo na nossa direção. Por isso é importante nosso envolvimento agora", disse o presidente da Avis, Larry De Shon. "Isso simplesmente demonstra que podemos estender nosso negócio de gestão de frota como serviço."

De acordo com De Shon, a Avis vai reformar algumas instalações na região de Phoenix para acomodar as minivans da Waymo, incluindo tendas sob medida para protegê-las da chuva, e não pretende comprar mais imóveis. A Avis vai cuidar de limpeza, troca de óleo, rotação de pneus e outros serviços, mas não será responsável por manter o hardware especializado da Waymo, como os sensores Lidar de detecção remota.

Teoricamente, os carros autônomos precisarão de mais cuidado. A Waymo espera que os veículos estejam constantemente passando de usuário para usuário, se desgastando mais do que automóveis que ficam estacionados por longas horas. Krafcik calcula que os veículos da Waymo rodarão por ano seis vezes mais do que a média dos carros tradicionais. A subsidiária da Alphabet está explorando diversos modelos comerciais, incluindo solicitação de transporte, logística e venda de carros pessoais. Segundo Krafcik, o acordo com a Avis pode ajudar em todos os casos.

Título em inglês: Alphabet Inks Deal for Avis to Manage Self-Driving Car Fleet

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos