Bolsas

Câmbio

Investidor em bitcoins dobra preço-alvo para US$ 11.500

Lily Katz

(Bloomberg) -- Um dia após o gerente de hedge fund Mike Novogratz afirmar que o bitcoin encerrará o ano em US$ 10.000, Thomas Lee, da Fundstrat, dobrou seu preço-alvo para US$ 11.500 até meados de 2018 -- ganho de 40 por cento em relação aos níveis atuais.

Lee, chefe de pesquisa da Fundstrat, disse que o recuo de 10 por cento do início do mês, gerado pelo controverso cancelamento de uma atualização do software que serve de base para o bitcoin, preparou o terreno para o próximo aumento.

A queda de novembro "eliminou especuladores", escreveu Lee em nota a clientes na qual quase dobrou sua última projeção. O estrategista havia advertido no início do mês que a valorização do bitcoin de US$ 3.500 para US$ 7.000 aumentou a probabilidade de recuo a curto prazo. "Achamos que a cautela já não se justifica", disse ele.

O valor da bitcoin se multiplicou por sete desde dezembro, ultrapassando a casa dos US$ 8.000 pela primeira vez nesta semana.

A alta do ativo virtual a níveis recorde não foi direta. A moeda já sofreu três quedas diferentes de mais de 25 por cento neste ano, todas seguidas de altas.

"Recomendamos a compra constante de bitcoins nesses níveis", disse Lee no relatório de quarta-feira. A Fundstrat também elevou sua meta de preço para o Bitcoin Investment Trust, um título de mercado de balcão que oferece exposição ao bitcoin aos investidores. Lee prevê que o título será negociado a US$ 1.300 em meados de 2018, acima de sua meta anterior de US$ 800.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos