ipca
-0,09 Ago.2018
selic
6,5 19.Set.2018
Topo

Deutsche Telekom e Zeiss criam startup de óculos inteligentes

Stefan Nicola

07/02/2018 13h40

(Bloomberg) -- A Deutsche Telekom criou uma startup de óculos digitais com a fabricante Carl Zeiss. A maior empresa de telecomunicações da Europa entra assim na corrida para desenvolver aparelhos de realidade aumentada utilizáveis.

A startup, chamada Tooz Technologies, desenvolverá óculos usando uma tecnologia ótica inventada pela Zeiss, que é combinada aos serviços de conectividade da Deutsche Telekom -- uma tentativa de produzir óculos mais leves e usar menos energia.

"Precisamos de conectividade com uma nuvem que esteja disponível em todas as partes se quisermos aplicações em tempo real", disse Christian Stangier, responsável por dispositivos conectados da Deutsche Telekom. As empresas planejam licenciar a tecnologia para fabricantes de óculos inteligentes.

Desvendar esse negócio se tornou difícil até mesmo para gigantes da tecnologia. A Intel reduziu parte dos esforços para produtos de consumo porque não conseguiu avançar no mercado de tecnologia de vestir. A empresa planeja vender uma participação majoritária de seu negócio de realidade aumentada, que pretende começar a oferecer óculos inteligentes aos consumidores ainda neste ano.

A Apple e a Amazon.com estão desenvolvendo seus próprios produtos de óculos conectados, enquanto o Google, da Alphabet, reorientou seus dispositivos Google Glass para clientes comerciais após uma tentativa abortada de vender aos consumidores. O mercado de hardware de realidade aumentada e realidade virtual pode somar US$ 110 bilhões até 2025, e mais US$ 72 bilhões em receita com software, estima o Goldman Sachs.

A Deutsche Telekom e a Zeiss afirmam que os óculos serão úteis para clientes privados e corporativos, citando exemplos de uso em cirurgias, logística, manutenção, fitness e personalização de compras. A Tooz Technologies terá sede nos EUA e em Aalen, na Alemanha.

Mais Economia