PUBLICIDADE
IPCA
+0,83 Mai.2021
Topo

Bolsa de Hong Kong deve escolher primeira mulher para chefiar conselho

Laura Cha pode ser a primeira mulher a presidir o conselho da Bolsa de Hong Kong - Divulgação/Unilever
Laura Cha pode ser a primeira mulher a presidir o conselho da Bolsa de Hong Kong Imagem: Divulgação/Unilever

Benjamin Robertson e Mark Burton

20/02/2018 12h13

(Bloomberg) -- A Hong Kong Exchanges & Clearing planeja nomear Laura Cha como próxima presidente do conselho, segundo uma pessoa informada sobre as discussões internas da operadora do quarto maior mercado de ações do mundo.

Cha, há tempos vista como favorita para o cargo, deverá suceder o atual presidente, Chow Chung-kong, após o fim de seu mandato, em abril, disse a pessoa. O governo da cidade terá que aprovar a escolha.

A executiva de 68 anos, que seria a primeira mulher a presidir a HKEX, é diretora independente não executiva do HSBC Holdings e membro extraoficial do Conselho Executivo de Hong Kong, que assessora o chefe de governo da cidade, segundo a biografia dela. Além disso, ocupou cargos de alto escalão em órgãos reguladores de Hong Kong e da China continental.

A HKEX nomeou Cha para o conselho em 12 de fevereiro. A nomeação formal para o cargo virá em sua assembleia geral anual, em abril, depois da qual deverá ser eleita presidente do conselho pelos colegas diretores da HKEX, disse a pessoa, que pediu anonimato porque os planos são privados. A nomeação, posteriormente, seria enviada ao governo para aprovação final.

Lorraine Chan, porta-voz da HKEX, e um representante de Cha preferiram não comentar.

Como presidente do Conselho de Desenvolvimento de Serviços Financeiros, um órgão estatal, Cha defendeu a introdução de vendas de ações de dupla classe e os esforços para posicionar Hong Kong como centro offshore de negociação do yuan chinês.