PUBLICIDADE
IPCA
1,35% Dez.2020
Topo

Desmonte de Tesla mostra valor tecnológico e falhas de produção

David Welch

25/04/2018 15h41

(Bloomberg) -- O CEO da Tesla, Elon Musk, tem afirmado que sua empresa está criando vantagens na capacidade de fabricação barata e eficiente de carros elétricos. Essas afirmações parecem cada vez mais questionáveis.

A crítica mais recente às qualificações produtivas da Tesla vem da Munro & Associates, uma firma de pequeno porte da região de Detroit que desmonta carros novos e os analisa nos mínimos detalhes. O fundador, Sandy Munro, escolheu o sedã Model 3 e apesar de elogiar a bateria e os eletrônicos do carro, critica boa parte do restante do veículo, segundo ele caro, pesado e mal fabricado.

Para a Tesla, o desenvolvimento da capacidade de fabricar carros em massa é fundamental para sua viabilidade. Musk, que previu que robôs programáveis dariam à sua fabricante de carros elétricos uma vantagem frente ao restante da indústria automotiva, enfrenta repetidos atrasos e grandes prejuízos. Se Munro estiver certo, Musk pode ter um problema mais perene nas mãos: seu primeiro carro para a massa pode ser mais pesado e caro de construir que os modelos concorrentes que estão a caminho.

"Mecanicamente, não tenho muita coisa boa a dizer", disse Munro, na semana passada, no "Autoline After Hours", um programa de televisão local da região de Detroit. "Se tivessem tido um desempenho pelo menos decente no quesito, teriam derrotado todos com folga. Mas não foi o caso."

Um porta-voz da Tesla disse que a empresa está refinando o processo de fabricação do Model 3 desde o início da produção, no ano passado, e que o desvio padrão de todas as falhas e compensações do carro foi aprimorado em média quase 40 por cento, com melhorias visíveis especificamente na área do porta-malas, das luzes traseiras e do painel traseiro.

O Model 3 tem um ótimo design de baterias e produtos eletrônicos líderes no setor, segundo Munro, que dará mais detalhes sobre suas descobertas em coletiva da Automotive Press Association, nesta quarta-feira. As baterias do carro são melhores em termos de potência e eficiência do que as fabricadas pela Samsung SDI ou pela LG Chem, disse. As duas empresas fornecem as baterias dos carros elétricos BMW i3 e Chevrolet Bolt, este da General Motor.

As placas de circuitos do mais novo sedã da Tesla também estão no mesmo nível de complexidade das usadas em telefones celulares, computadores de ponta e caças militares, disse Munro. As demais fabricantes de automóveis devem prestar atenção.

Munro reservou palavras duras para o design do Model 3, que segundo ele parece ter sido feito por alguém sem experiência em engenharia de carroceria. O carro tem oito ou 10 painéis soldados que criam peso sem aumentar a resistência. Entre os veículos desse tamanho, o Model 3 é o mais pesado e caro de construir, disse.

A porta-voz da Tesla disse que a produção de carrocerias em modelos mais novos é competitiva com a dos carros de luxo alemães e que a empresa está trabalhando para torná-los ainda mais firmes.