PUBLICIDADE
IPCA
0,24 Ago.2020
Topo

Iberdrola está transformando disputa com Enel em problema da UE

Rodrigo Orihuela

25/04/2018 19h56

(Bloomberg) -- Iberdrola está tentando mobilizar a ajuda da União Europeia para derrotar a Italiana Enel em uma guerra de bilhões de dólares pela aquisição da Eletropaulo.

A fornecedora espanhola de eletricidade pediu às autoridades da Comissão Europeia que investigue se a Enel está usando seu status de empresa controlada pelo governo para obter vantagem injusta na competição pelos ativos, segundo documentos obtidos pela Bloomberg News.

A Iberdrola, sediada em Bilbao, disse em cartas aos comissários que é sua responsabilidade evitar que os estados-membros adotem políticas que favoreçam as empresas administradas pelo governo e enfraqueçam os tratados europeus, assegurando a abertura do mercado e igualdade de condições.

Leia Mais: Iberdrola considera aumentar oferta por Eletropaulo: Fontes

O movimento acontece quando a Enel e a Iberdrola travam uma batalha por uma das distribuidores de energia mais valorizadas do Brasil, Eletropaulo. Ambas as empresas tentaram melhorar as propostas pela companhia que serve o estado mais rico e populoso do país. O conselho da Eletropaulo tinha acabado de concordar com a proposta da Iberdrola na semana passada, quando foi divulgado que a Enel estaria fazendo uma contraproposta.

A Iberdrola e a Enel se recusaram a comentar. A Comissão Europeia não respondeu imediatamente ao pedido de comentário.

Unidade brasileira da Iberdrola, Neoenergia, elevou sua oferta de R$ 25,51 para R$ 29,40 por ação da Eletropaulo em 20 de abril. Cia. também está comprometida com uma injeção de capital de R$ 1,5 bi. A Enel havia oferecido R$ 28 por ação e uma injeção de capital equivalente à da Iberdrola, mas nesta quarta elevou a oferta para R$ 32,00 por ação.

Em suas cartas à Comissão Européia, a Iberdrola disse que a Enel vem tentando influenciar o conselho de administração da Eletropaulo e os reguladores brasileiros, enfatizando sua capacidade financeira para melhorar qualquer oferta de uma empresa privada.

--Com a colaboração de Chiara Albanese Aoife White e Vanessa Dezem