ipca
0,45 Out.2018
selic
6,5 31.Out.2018
Topo

Empresas mexicanas aceleram IPOs antes de eleição presidencial

Justin Villamil e Eugenio Lobo

28/06/2018 12h44

(Bloomberg) -- Até sexta-feira, quatro fundos de investimento imobiliário (REITs) do México -- conhecidos como Fibras -- terão concluído ofertas públicas iniciais no mês que precede a eleição presidencial do país.

A pressa incomum para os IPOs pode ter por objetivo aproveitar o clima de investimento menos complexo em um ano dominado por manchetes sobre o Acordo de Livre Comércio da América do Norte (Nafta, na sigla em inglês) e Donald Trump e pela eleição presidencial do México, em 1o de julho.

Até o momento, 2018 tem sido um ano de abundância para Fibras e Fibra Es -- um tipo de fundo que investe em projetos de energia. De 2011 a 2017, estrearam 14 Fibras no total. Neste ano, até sexta-feira, um total de seis terá preços fixados. A última adição é o U-Storage, que busca levantar 295 milhões de pesos (US$ 15 milhões). Ele vem após as ofertas da Administrador Fibraestructura, da Upsite Mexico e da Educa neste mês. Neste ano, Nuevo Aeropuerto de la Ciudad de México e CFE Capital também usaram Fibra Es para abrir capital.

"A pior parte da piora do sentimento em relação a Amlo e ao Nafta pode já ter passado", disse Morgan Harting, gerente de portfólio sênior da AllianceBernstein em Nova York, citando as iniciais do candidato Andrés Manuel López Obrador.

Para Harting, o próximo governo enfrentará muitos desafios e poderá representar um risco para os mercados com promessas de gastos maiores. Elementos adicionais de riscos viriam das negociações do Nafta, que podem ser mais difíceis com um novo governo no México.

Contudo, "é possível também que Amlo possa acabar sendo mais aberto ao mercado do que se considerou nos preços", disse Harting. "Neste caso, pode-se muito bem prever ainda mais atividade de IPO nos meses posteriores à eleição."

--Com a colaboração de Brandon Kochkodin e Keith Gerstein.

Repórteres da matéria original: Justin Villamil em Cidade do México, jvillamil18@bloomberg.net;Eugenio Lobo em Cidade do México, elobo2@bloomberg.net

Mais Economia