PUBLICIDADE
IPCA
0,86 Out.2020
Topo

Crowdfunding para imóveis mira incentivo fiscal nos EUA

David M. Levitt e Noah Buhayar

19/07/2018 12h14

(Bloomberg) -- A Fundrise ajudou a criar um modelo para levantar pequenas quantias de dinheiro pela internet para projetos imobiliários nos EUA. Agora, a companhia está lançando um fundo para comprar imóveis em regiões de baixa renda do país que tenham direito a incentivos fiscais generosos.

A empresa planeja abrir investimentos no Fundrise Opportunity Fund na próxima semana, com o objetivo de captar US$ 500 milhões até o final de 2019, de acordo com o cofundador e CEO Ben Miller. Os clientes podem contribuir com apenas US$ 10.000, disse ele. O dinheiro será usado para projetos em setores censitários nos EUA que foram recentemente designados como "zonas de oportunidade" pela nova lei de impostos federais.

A cláusula das zonas de oportunidade tem sido considerada uma forma tanto inovadora quanto polêmica de atrair investimentos para as comunidades do país que enfrentam dificuldades. Ela permite adiar o pagamento de impostos sobre ganhos de capital até 2026 se os investimentos forem vendidos e o dinheiro for transferido para fundos que tenham como alvo as zonas de oportunidade. Os investidores podem evitar o pagamento de ganhos de capital em qualquer valorização adicional se eles mantiverem seus novos ativos durante pelo menos uma década.

"Quando ouvi falar disso pela primeira vez, mal pude acreditar", disse Miller, em entrevista. Segundo ele, "muita gente" vai achar interessante esse tipo de investimento. "Para algumas pessoas, não pagar impostos é uma religião", disse ele.

Miller disse que o fundo se concentrará em regiões metropolitanas, começando por Los Angeles, Seattle, Washington, Atlanta e a região de São Francisco/Oakland. A Fundrise tem sede em Washington.

Alguns pesquisadores e grupos comunitários afirmaram que a lei poderia promover o tipo de investimento que se pretende, como novas empresas pequenas e moradias populares. Mas muitos também expressaram o receio de que a legislação esteja tão amplamente redigida que investidores, corporações e incorporadoras poderiam explorá-la para projetos que teriam feito de qualquer modo ou que desloquem moradores de baixa renda. Algumas das zonas de oportunidade ficam em áreas de cidades que já estão passando por um processo acelerado de gentrificação.

Bancos, empresas de private equity e outros têm estudado a medida nos últimos meses, mas incertezas significativas perduram. O Internal Revenue Service e o Departamento do Tesouro dos EUA não emitiram regras que poderiam limitar a capacidade dos investidores de reivindicar os benefícios fiscais. Em vez de orientação, contadores e advogados têm se debruçado sobre a lei em busca de pistas sobre o que o governo poderia permitir.

Miller disse que a Fundrise pretende garantir a conformidade concentrando-se "no que o estatuto prevê e está em linguagem simples, e não ir além disso". Mesmo assim, a página inicial no site do novo fundo inclui um longo aviso sobre as incertezas em torno da lei que poderiam afetar os resultados.

Repórteres da matéria original: David M. Levitt em N York, dlevitt@bloomberg.net;Noah Buhayar em Seattle, nbuhayar@bloomberg.net