PUBLICIDADE
IPCA
0,64 Set.2020
Topo

Viena tira coroa de cidade mais habitável do mundo de Melbourne

Emily Cadman

14/08/2018 12h29

(Bloomberg) -- Viena encerrou o reinado de sete anos de Melbourne como cidade mais habitável do mundo, segundo a Economist Intelligence Unit.

A capital austríaca obteve uma pontuação quase perfeita, de 99,1 em 100, no índice que usa critérios como estabilidade, saúde e meio ambiente. Cidades da Austrália e do Canadá conquistaram seis dos 10 primeiros lugares e os EUA novamente ficaram de fora.

Grandes centros financeiros como Londres (48º lugar) e Nova York (57º) sofrem devido ao próprio sucesso, de acordo com a EIU, e a sobrecarga do transporte público, os níveis mais altos de criminalidade e o congestionamento diminuem a atratividade delas. Hong Kong (35º) acaba de ultrapassar a rival regional Cingapura (37º) no índice, após melhorar a pontuação de estabilidade.

Em outros lugares da Ásia, Osaka (3º) e Tóquio (7º) atingiram as posições mais altas do ranking em mais de uma década após declínios consistentes dos índices de criminalidade e melhorias no transporte público. A maioria dos lugares de melhor desempenho são cidades de tamanho médio dos países mais ricos com densidade populacional relativamente baixa.

Honolulu é a cidade mais bem classificada dos EUA, em 23º lugar, seguida de Pittsburgh, que está na 32ª posição.

No fundo da tabela composta por 140 cidades, a pontuação mais baixa é de Damasco, que foi devastada pela guerra. Aquelas que sofrem com infraestrutura inadequada, como Harare, capital do Zimbábue, ou contaminação severa, como Dhaka, capital de Bangladesh também se saem mal.