PUBLICIDADE
IPCA
0,86 Out.2020
Topo

Relojoaria em Nova York tem escultura de vidro de 16.783 quilos

Natalie Wong e Kim Bhasin

14/03/2019 12h54

(Bloomberg) -- Ao entrar na fábrica da Imagic Glass, perto de Toronto, é difícil não ficar tenso.

Em um canto, quatro operários colocam cuidadosamente uma placa de vidro de 363 quilos em uma estrutura de metal para transportá-la. Em outro, dois artesãos usam pequenas facas para descascar um molde de vinil de um intrincado mostrador de relógio em outra placa. Centenas de peças de vidro estão empilhadas na instalação de 2.787 metros quadrados. Apesar do onipresente perigo de quebrar algum vidro, o ambiente tem um ar de eficiência silenciosa.

No ano passado, a Imagic criou uma escultura de dois andares e 16.783 quilos para a loja em Manhattan da relojoaria de luxo Richard Mille, cuja fachada se tornou uma das mais elegantes da cidade quando foi inaugurada, em outubro. A Imagic recentemente enviou mais relógios de vidro para a Mille em Boston e Vancouver, e sua carteira de projetos em preparação está lotada.

A empresa canadense está aproveitando uma onda de demanda das marcas de luxo por lojas cada vez mais elaboradas, uma tentativa de convencer os consumidores a trocar as compras pela internet por uma experiência luxuosa em uma loja física. A Saks divulgou no mês passado uma reforma de US$ 250 milhões de sua loja em Nova York, que conta com uma escada rolante iridescente projetada pelo arquiteto holandês Rem Koolhaas. Neiman Marcus e Nordstrom também se preparam para abrir lojas emblemáticas na cidade nos próximos meses.

As 42 lojas da Mille em todo o mundo apresentam uma versão em vidro de seu cronógrafo RM 008 Tourbillon. Mas até mesmo esse elemento extremamente atraente estava se perdendo na loja da empresa na 57th Street em Nova York, uma área de compras conhecida como "corredor dos bilionários", onde várias lojas de luxo disputam o tráfego de pedestres. A Audemars Piguet tem uma boutique do outro lado da rua. Os relógios da Jacob & Co. reluzem atrás de três pequenas vitrines. A loja de três andares da Breitling fica na esquina.

A Mille precisava encontrar um modo de se destacar e decidiu encomendar uma versão maior - muito maior - do cronógrafo Tourbillon.

Os artesãos da Imagic levaram vários meses para concluir a escultura de mais de 9 metros de altura, e houve alguns momentos de tensão. O projeto exigiu 24 painéis gravados individualmente, incluindo 18 peças de vidro de grande formato organizadas em três camadas de profundidade e pesando até 1.723 quilos. A gravação da peça mais elaborada levou mais de 160 horas.

"O maior desafio em termos de engenharia foi lidar com isso aqui sem quebrar, porque era extraordinariamente pesado", disse Adam Shearer, presidente da Imagic, enquanto caminhava pela fábrica no mês passado. "Estamos muito contentes porque nenhuma peça se danificou durante os vários meses de fabricação."

A encomenda da Mille é o mais recente marco em sete anos de crescimento vertiginoso para a Imagic. A empresa foi fundada por Colin Sless e Vilius Garsva, que abandonaram seus empregos na indústria do vidro em busca do sonho de criar uma loja de nicho focada em um design bonito. A princípio, eles fabricavam artesanalmente e começaram a ganhar reputação com estruturas arquitetônicas de vidro personalizadas para edifícios de escritórios, cassinos e instituições.