PUBLICIDADE
IPCA
1,35% Dez.2020
Topo

Yellowstone recomenda spray contra ataques de urso pardo

Vincent Del Giudice

23/04/2019 16h11

(Bloomberg) -- Ursos pardos são capazes de correr até 60 quilômetros por hora. E, com o risco de encontrar com um durante um passeio na área do Parque Nacional de Yellowstone, em Wyoming, Montana e Idaho, fez com que os guardas florestais recomendassem proteção semelhante a usada contra assaltantes de Manhattan: spray contra urso.

A população de ursos pardos na região do parque mais que triplicou desde 1987 para mais de 700. Os ursos foram declarados "espécies ameaçadas" em 48 estados americanos em 1975. Os parentes do urso pardo também residem no Alasca.

O spray não-letal contra ursos - transportado em um cartucho parecido com um pequeno extintor de incêndio - expele "uma nuvem fina de derivados de Capsicum para reduzir temporariamente a capacidade de um urso respirar, ver e cheirar", segundo o Serviço Nacional de Parques, o que proporciona tempo para a fuga.

Ursos pardos são aproximadamente 1,5 a 2 vezes maiores que ursos negros, que também circulam pela área, de acordo com o serviço do parque. Machos pardos pesam entre 90 e 300 quilos e as fêmeas entre 90 e 180 quilos.

O alerta também reforça o lembrete aos visitantes para que não alimentem os ursos. Enquanto as chances de um ataque são estimados em apenas 1 em 2,7 milhões na área de Yellowstone, é preciso cautela.

Em 7 de abril, um adolescente sobreviveu a um ataque de ursos perto de Ennis, Montana, localizado a noroeste do parque. O menino conseguiu usar o spray e repelir o animal, provavelmente um urso pardo, depois que o empurrou contra uma árvore, segundo um comunicado do Montana Fish, Wildlife & Parks.