PUBLICIDADE
IPCA
0,64 Set.2020
Topo

Global Payments fecha compra da Total System por US$ 21,5 bi

Jenny Surane e Nabila Ahmed

28/05/2019 12h59

(Bloomberg) -- A Global Payments fechou um acordo para a aquisição da Total System Services por US$ 21,5 bilhões, a terceira maior megafusão do setor de pagamentos este ano.

O acordo cria uma potência provedora de tecnologia e software de pagamento para mais de 3,5 milhões de pequenos e médios comerciantes e mais de 1,3 mil instituições financeiras em todo o mundo, disseram as duas empresas em comunicado na terça-feira. A operação, que inclui apenas ações, avalia a Total System Services, ou TSYS, em US$ 119,86 por ação, um prêmio de 20% em relação ao preço de fechamento em 23 de maio, de US$ 99,62, antes das negociações iniciais divulgadas anteriormente pela Bloomberg.

"O ritmo de mudança no setor impulsionado pela inovação em tecnologia, juntamente com a necessidade de ter maior escala, fez com que este acordo fosse uma questão de tempo", disse o presidente da Global Payments, Jeff Sloan, em entrevista. Sloan, que vai comandar a empresa combinada, disse que a Global Payments e a Total System já haviam considerado uma fusão várias vezes na última década.

A operação, que deve gerar US$ 300 milhões em redução de custos, deve ser concluída no quarto trimestre. A receita líquida ajustada anual mais comissões de rede da empresa combinada é estimada em cerca de US$ 8,6 bilhões, com um Ebitda de US$ 3,5 bilhões e US$ 2,5 bilhões em fluxo de caixa livre.

A Total System Services é conhecida como uma processadora e emissora, o que significa que ajuda os bancos a gerenciar seus portfólios de cartão de crédito e débito para tudo, como autorizações de cartões, detecção de fraudes e cálculo de recompensas. A empresa, que tem sede em Columbus, na Geórgia, é a maior provedora desses serviços nos EUA, tendo administrado cerca de 40% das contas domésticas da Visa e Mastercard no ano passado. A Global Payments, com sede em Atlanta, é a quinta maior credenciadora de cartões de estabelecimentos comerciais do país.

As inúmeras transações entre os processadores de pagamento criaram gigantes que poderiam formar redes que servem e conectam instituições financeiras e comerciantes, semelhantes aos serviços oferecidos pela Visa e Mastercard.

Repórteres da matéria original: Jenny Surane em Nova York, jsurane4@bloomberg.net;Nabila Ahmed em N York, nahmed54@bloomberg.net