PUBLICIDADE
IPCA
-0,38 Mai.2020
Topo

Pandemia aquece mercado de séries e filmes de animação para TV

Gerry Smith

19/05/2020 13h47

(Bloomberg) -- No início do mês, Pin Young entrou num armário em sua casa em Pasadena, Califórnia, e gravou falas para uma nova série de animação do YouTube. Enquanto dava voz aos personagens do roteiro, Pin cobriu a cabeça com um cobertor para impedir que as palavras fizessem eco em seu estúdio improvisado.

Antes da pandemia, a atriz de 38 anos nunca havia feito trabalho de dublagem para um programa de animação. Mas, com grande parte de Hollywood fechada, foi um dos únicos empregos que conseguiu encontrar. Considerando o rumo da indústria de entretenimento, dublagem pode se tornar sua nova carreira. "Não sabemos quanto tempo isso vai durar", disse Pin. "Se eu não conseguir estar na frente de uma câmera no set por mais um ano, provavelmente terei de buscar uma alternativa."

Enquanto Hollywood tenta administrar atrasos de produção causados pelo coronavírus, programas animados emergem como uma fonte de programação à prova de pandemia. Como o trabalho pode ser feito remotamente, os estúdios de animação evitam os complexos problemas de segurança que as séries de ação ao vivo criam para produtores: administrar um grande elenco e equipe no set, minimizando o risco de exposição. Executivos de TV dizem que desenhos animados para crianças e adultos são um dos únicos tipos de programas sendo lançados no prazo. Agora, estúdios de animação contratam mais pessoas para atender ao aumento da demanda.

"Tudo pode ser feito em um computador em casa", disse Marci Proietto, vice-presidente executiva de animação da 20th Century Fox Television, controlada pela Walt Disney. "Estamos avançando em todas as nossas séries, o que é quase um milagre."

No início do mês, a série animada do estúdio "Solar Opposites", sobre uma família de alienígenas que vive em um bairro residencial, estreou no Hulu. No final do mês, a comédia musical animada "Central Park" será lançada no Apple TV +.

O segmento de animação já era um negócio atraente em Hollywood. Mas Marci disse que executivos de entretenimento têm aumentado o ritmo de produção, em parte, para se preparar para possíveis atrasos a longo prazo em outros gêneros. O estúdio registrou aumento de 25% dos pedidos de desenvolvimento nos últimos dois meses. "Estamos recebendo toneladas de ligações", afirmou.

©2020 Bloomberg L.P.

Economia