PUBLICIDADE
IPCA
+0,53 Jun.2021
Topo

Lucro da Caixa Econômica Federal subiu 17,1% em 2012

19/02/2013 14h24

São Paulo, 19 fev (EFE).- A Caixa Econômica Federal obteve no ano passado um lucro líquido recorde de R$ 6,1 bilhões, 17,1% superior ao de 2011, informou nesta terça-feira a entidade.

O aumento do lucro foi atribuído ao forte crescimento da carteira de crédito da Caixa diante da decisão do governo de reduzir as taxas de juros e fornecer os empréstimos para incentivar o consumo e enfrentar a crise internacional.

A carteira de crédito da instituição subiu 42%, para R$ 353,700 bilhões no final do ano passado, segundo um comunicado divulgado pelo banco.

Os créditos para a aquisição de imóvel aumentaram 34,6%, para R$ 205,800 bilhões no final do ano passado. A taxa de crescimento de crédito da Caixa foi a maior de um banco brasileiro.

A expansão dos empréstimos permitiu que a participação da Caixa no mercado brasileiro de crédito saltasse de 12,3% em 2011 para 15% em 2012.

A entidade espera elevar a participação a 18% em 2013. Os créditos da Caixa cresceram tanto pelo projeto do governo para incentivar a construção de casas como pela redução dos empréstimos para consumo dos menores níveis em várias décadas.

"O banco assumiu a liderança no processo de redução dos juros", afirmou o presidente da Caixa, Jorge Hereda, citado no comunicado.

Apesar do aumento dos créditos, a taxa de inadimplência da Caixa se manteve praticamente inalterada e entre as mais baixas do país em 2012, com 2,08% de empréstimos não pagos com mais de três meses de vencimento.

A decisão da entidade de oferecer os menores créditos do mercado permitiu à Caixa aumentar no ano passado em 6,7 milhões seu número de clientes de contas bancárias e de poupança, até 65,2 milhões em dezembro.