Apple vende 74,77 milhões de iPhones, menos do que se esperava

San Francisco, 26 jan (EFE).- A Apple vendeu 74,77 milhões de iPhones durante seu primeiro trimestre fiscal, que terminou no dia 26 de dezembro, abaixo das expectativas dos analistas, que esperavam vendas de 76,54 milhões, informou nesta terça-feira a empresa local.

As vendas de IPhones, que representam ao redor de dois terços da receita da Apple, aumentaram menos de 1% em relação ao mesmo período de 2014, o ritmo mais lento desde a estreia do aparelho em 2007.

A companhia antecipou também que durante o atual trimestre sua receita se desacelerou ao ritmo mais rápido dos últimos 15 anos, o que poria um fim no período de enorme crescimento experimentado pela empresa.

A Apple prevê receita de entre US$ 50 bilhões e US$ 53 bilhões no trimestre que vai terminar em março, abaixo dos US$ 55,470 bilhões que previa o consenso do mercado.

A companhia informou que sua margem de lucro bruto, a receita depois de descontados os custos, foi de entre 39% e 39,5%, contra 39,97% que esperavam os analistas.

A empresa anunciou que seu lucro aumentou 1,9% no último trimestre de 2015, para US$ 18,360 bilhões, frente a US$ 18,020 bilhões do período do ano anterior.

Sua receita no período aumentou 1,7%, para US$ 75,870 bilhões, frente aos US$ 74,6 bilhões do mesmo período de 2014, o menor ritmo de crescimento desde junho de 2013.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos