Bolsas

Câmbio

Moniz analisa segurança nuclear e cooperação energética no Cazaquistão

Astana, 6 abr (EFE).- O secretário de Energia dos Estados Unidos, Ernest Moniz, se reuniu nesta quarta-feira com seu colega cazaque, Kanat Bozumbayev, para tratar como "fortalecer a segurança nuclear" na Ásia Central, assim como a cooperação sobre petróleo e gás entre Estados Unidos e Cazaquistão.

"Nos encontramos com a equipe cazaque para falar do que foi feito antes e do que temos que fazer para reforçar a segurança nuclear", disse Moniz durante uma entrevista coletiva após a 11ª reunião da Comissão Especial Cazaque-Americana sobre a Aliança de Energia em Astana.

Durante a reunião, as partes trataram sobre o processo de conversão dos três reatores cazaques do Instituto de Física Nuclear.

Especialistas americanos ajudam o Cazaquistão na conversão de urânio altamente enriquecido em combustível para reatores de urânio pouco enriquecido, ou seja, para fins não bélicos.

Os Estados Unidos estão trabalhando também com o Cazaquistão na construção de um centro de formação para a segurança nuclear na cidade de Almaty. Espera-se que o centro abra suas portas neste ano.

"Eu gostaria de agradecer o governo e o Presidente (Nursultan Nazarbayev) porque o Cazaquistão foi nosso parceiro no campo da segurança nuclear durante muitos anos. O Cazaquistão teve um papel importante para conseguir um acordo com o Irã. Vamos continuar cooperando, dando um enfoque ao desenvolvimento da energia limpa", disse Moniz.

Moniz acrescentou que o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, estendeu sua gratidão à ativa participação de Nazarbayev na cúpula sobre segurança nuclear que aconteceu em Washington na semana passada.

O ministro da Energia cazaque, Bozumbayev, expressou o interesse de seu país na troca de conhecimentos e a experiência dos Estados Unidos na transição à energia verde.

"Os Estados Unidos fizeram progressos nesta direção. A experiência dos Estados Unidos no desenvolvimento da legislação para apoiar a energia limpa para nós não tem preço ", disse o ministro cazaque.

As partes também discutiram a cooperação no setor do petróleo e do gás.

Exxonmobil e Chevron são as maiores companhias americanas envolvidas no desenvolvimento dos principais campos de petróleo e gás no Cazaquistão, Kashagan e Tengiz .

"As companhias americanas estão envolvidas nos principais projetos no Cazaquistão. Discutimos como aumentar a produção em Tengiz e Kashagan", disse Moniz.

Moniz acrescentou que se reunirá com Nazarbayev na quinta-feira para falar da visão do Presidente cazaque sobre a transição do país à energia limpa em 2050 e sobre a cooperação energética com os Estados Unidos.

Em 2001, os Estados Unidos e Cazaquistão assinaram a declaração sobre a Associação da Energia, que serviu de base para a Comissão Especial Cazaque-Americana sobre a Aliança de Energia, que tem a condição de comissão intergovernamental.

Desde 2002, foram realizadas 11 reuniões da Comissão de Energia. Durante as sessões foi debatido sobre a cooperação em petróleo e gás, segurança nuclear, indústria nuclear, desenvolvimento de recursos energéticos renováveis, energia eletromagnética e eficiência energética.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos