Maioria dos sindicatos retira apoio à greve de controladores aéreos na França

Paris, 2 jun (EFE).- O secretário de Estado de Transporte da França, Alain Vidalies, anunciou nesta quinta-feira que quatro dos cinco sindicatos de controladores aéreos que tinham convocado uma greve entre amanhã e domingo retiraram seu apoio a esse protesto e acrescentou que o tráfego não será afetado.

Duas das principais organizações sindicais do setor, SNCTA e UNSA, chegaram ontem a um acordo com a direção geral de Aviação Civil, e outras duas, Força Operária (FO) e CFDT, também assinaram o protocolo.

"Esta manhã prosseguimos a negociação com a CGT", disse hoje Vidalies na emissora "France Info".

O acordo alcançado com os sindicatos, segundo indicou o representante francês ontem à noite, prevê que, diante de um aumento do tráfego aéreo, não haverá redução de controladores nos próximos três anos.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos