Bolsas

Câmbio

Fed decide manter patamar das taxas de juros nos EUA

Washington, 15 jun (EFE).- O Federal Reserve (Fed), banco central dos Estados Unidos, decidiu nesta quarta-feira evitar surpresas e manteve o patamar das taxas de juros de referência entre 0,25% e 0,5%, diante das incertezas pelo referendo sobre a permanência do Reino Unido na União Europeia e dos dados "mistos" sobre a economia americana.

O comunicado do Comitê Federal de Mercado Aberto do Fed, que coordena a política monetária dos EUA, destacou os "dados mistos" recebidos ao longo da primeira metade do ano, embora tenha reconhecido "uma elevação" recente no crescimento econômico.

"O ritmo da melhora no mercado de trabalho parece ter desacelerado, e o da atividade econômica parece ter aumentado", afirmou o banco central americano.

O relatório de desemprego de maio, que cuja taxa ficou em 4,7%, mas com uma criação de apenas 38 mil postos de trabalho - número mais baixo em cinco anos -, acrescentou cautela à política monetária dos EUA.

A decisão sobre os juros foi tomada de forma unânime, com todos os dez votos a favor.

Além disso, o Fed divulgou hoje suas novas projeções macroeconômicas, nas quais reduziu as previsões de crescimento para 2016 de 2,2% para 2%, e para 2017 de 2,1% para 2%.

Além disso, manteve como apropriado um ritmo "gradual" de ajuste monetário, com duas altas de juros previstas para este ano.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos