Corpo de gerente da Cocalc é encontrado em rio no Panamá

(Acrescenta confirmação do Ministério Público).

Panamá, 3 jul (EFE).- O colombiano Hernando Vélez Uribe, gerente da Confederação Latino-Americana das Cooperativas de Economia e Crédito (Colac), foi encontrado morto neste domingo dentro de um carro branco no Rio Chagres, na capital panamenha, informou à Agência Efe o Ministério Público do Panamá.

O órgão precisou que o corpo de Vélez foi achado com o cinto de segurança ao redor do pescoço, "por isso se presume que a causa da morte tenha sido asfixia por estrangulamento", amordaçado e com mãos e pés atados, no assento traseiro de um veículo 4x4 de luxo que amanheceu dentro do rio.

A vítima foi reconhecida por um colega de trabalho. A Colcac foi fundada 1970 e é composta por 15 países, entre eles o Brasil.

Ministério Público informou que o corpo de Vélez, de 65 anos, foi removido às 11h40 (horário local, 13h40 em Brasília) por equipes da Agência de Instrução Especializada em Crimes Contra a Vida e da Integridade Pessoal da Promotoria Auxiliar do Panamá, a cargo da promotora Sherly Barría.

Membros do Sistema Nacional de Defesa Civil (Sinaproc) tiraram o veículo da água com a ajuda de cabos de aço presos em caminhonetes.

"Amanhã, as autoridades do Ministério Público continuarão realizando investigações para obter informação e assim conseguir identificar o autor ou os autores do fato, e a motivação desse homicídio", indicou o órgão.

Vélez estava há três anos no comando da Colac, cuja principal sede fica no Panamá, e tinha uma longa trajetória nos mercados financeiros nacional e internacional.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos