Atividade industrial da China cai em julho após 4 meses em alta

Pequim, 1 ago (EFE).- A atividade da indústria chinesa se contraiu em julho após quatro meses em alta, de acordo com o índice gerente de compras (PMI) que todo mês publica o Escritório Nacional de Estatísticas.

O indicador, que acima de 50 pontos evidencia expansão do setor manufatureiro e delata contração da atividade industrial abaixo desse umbral, ficou em 49,9 pontos em julho, após os 50 pontos de junho e os 50,1 de maio.

O especialista do Escritório Nacional de Estatísticas Zhao Qinghe atribuiu a queda da atividade às graves inundações que grande parte do país sofreu no mês passado e que alteraram seriamente os serviços de transporte e a atividade manufatureira, assim como a baixa demanda.

No entanto, o PMI extraoficial que elabora por sua vez o grupo de mídia econômico Caixin mostra uma tendência diferente do setor e situa o indicador em 50,6 pontos, a primeira vez que passa o umbral dos 50 pontos desde fevereiro de 2015.

O organismo também publicou hoje o PMI não manufatureiro (serviços e construção), que seguiu mostrando expansão em julho ao ficar em 53,9 pontos, dois décimos mais que em junho.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos