Bolsas

Câmbio

OCDE prevê que economia da China crescerá 6% entre 2017 e 2021

Paris, 15 dez (EFE).- A economia da China vai continuar desacelerando seu ritmo de crescimento, um índice que deve se estabilizar em torno dos 6% entre 2017 e 2017, contra os 8,2% que chegou a apresentar no período de 2011 a 2013, indicou nesta quinta-feira a Organização para a Cooperação e o Desenvolvimento Econômico (OCDE).

Em seu relatório de perspectivas sobre o sudeste asiático, a OCDE apresentou as projeções que completam as previsões que o órgão já tinha antecipado no fim de novembro. O PIB da China deverá crescer 6,7% em 2016 - depois de alta de 6,9% em 2015) e 6,4% em 2017.

Para o conjunto do sudeste asiático, os autores do estudo afirmaram que o PIB da região avançará 6,5% neste ano e uma média de 6,2% no período entre 2017-2012.

Dentro da região, a economia da Índia será uma das que apresentará os números mais elevados (só superada por Mianmar), com um crescimento de 7,4% neste ano e de 7,6% em 2017. Para o período de 2017-2021, a média anual será de 7,3%, de acordo com a OCDE, índices claramente superiores aos de 5,5% entre 2011 e 2013.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos