Bolsas

Câmbio

Companhia aérea marroquina é obrigada a suspender voos com escala em Doha

Rabat, 6 jun (EFE).- A companhia aérea marroquina Royal Air Maroc anunciou nesta terça-feira que será obrigada a suspender todos os voos que passam pelo "hub" de Doha depois de vários países árabes terem fechado seu espaço aéreo para aviões do Catar.

A companhia justificou a decisão dizendo que não pode "garantir" os voos que passam por Doha e têm como destino a Arábia Saudita, o Egito, os Emirados Árabes Unidos e o Iêmen, países que romperam relações diplomáticas com o Catar ontem.

"É uma situação que independente da nossa vontade", afirmou a empresa, que pede desculpas aos clientes.

Os voos diretos da Royal Air Maroc entre Casablanca e os demais países estão mantidos, disseram à Agência Efe fontes da empresa.

Mais cedo, a Associação Internacional de Transporte Aéreo pediu aos países árabes que romperam relações com o Catar que restabeleçam a conexão com o Doha, "em interesse das companhias aéreas e dos passageiros".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos