Bolsas

Câmbio

Governo da Nova Zelândia estuda cobrar imposto de turistas

Sydney (Austrália), 15 jun (EFE).- O governo da Nova Zelândia anunciou nesta sexta-feira (data local) que avalia a possibilidade de criar um imposto para turistas que visitem o país.

A taxa, que seria entre 25 e 35 dólares locais (entre R$ 70 e R$ 95), seria cobrada dos turistas que ficarem no país por menos de 12 meses. A cobrança ficaria a cargo da Autoridade Eletrônica de Viagens (ETA), que usaria o dinheiro para melhorias na fronteira.

O governo neozelandês defendeu o imposto, alegando que ele garantirá que os turistas contribuam para melhorar as infraestruturas do país e ajudar a proteger o meio ambiente.

Com o imposto, a Nova Zelândia pretende arrecadar 80 milhões de dólares locais (cerca de R$ 210 milhões). Antes de aplicá-lo, o governo vai discutir a taxa com representantes da sociedade local.

Militares, diplomatas, médicos, funcionários de organizações humanitárias, pessoas com vistos de negócios e turistas que façam apenas escala no país não terão que pagar a taxa.

A proposta também prevê isenção para os cidadãos da Austrália e vários países próximos à Nova Zelândia.

Segundo dados oficiais, 3,8 milhões de pessoas visitaram a Nova Zelândia entre março de 2017 e o mesmo mês deste ano, o que representa uma alta de 7,8% em relação ao período anterior.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos