PUBLICIDADE
IPCA
0,64 Set.2020
Topo

Powell não vê "elevado risco de superaquecimento" na economia dos EUA

24/08/2018 12h35

Washington, 24 ago (EFE).- O presidente do Federal Reserv (Fed), Jerome Powell, afirmou nesta sexta-feira que não vê "um elevado risco de superaquecimento" na economia dos Estados Unidos, apesar do aumento da inflação nos últimos meses, e que espera o que "forte" ritmo do crescimento continue.

"Embora a inflação tenha subido recentemente cerca de 2%, não vimos claros sinais de aceleração acima de 2%, e não parece haver um elevado risco de superaquecimento", disse Powell em seu discurso em Jackson Hole (Wyoming), um dos principais fóruns mundiais de debate sobre política monetária.

Em sua primeira participação como anfitrião na conferência, Powell reiterou seu otimismo sobre a atividade econômica dos EUA.

"Com uma confiança sólida nos lares e empresas, saudáveis níveis de criação de emprego, aumento na renda e a chegada de estímulo fiscal, há boas razões para esperar que este comportamento seguirá", ressaltou.

Por isso, insistiu que o ritmo atual de progressiva alta de taxas de juros é o "apropriado".

O Fed elevou o preço do dinheiro em duas ocasiões neste ano, até a categoria atual de entre 1,75% e 2%, e os mercados antecipam que haverá pelo menos outra alta antes do término de 2018.

A próxima reunião de política monetária está prevista para 25 e 26 de setembro.