PUBLICIDADE
IPCA
1,35% Dez.2020
Topo

Consórcio com Odebrecht construirá ramal de metrô no Panamá

28/11/2018 16h59

Redação Central, 28 nov (EFE).- Um consórcio formado pela Odebrecht e a espanhola FCC foi anunciado como vencedor do processo de licitação para a construção do ramal que ligará a linha 2 do metrô da Cidade do Panamá ao Aeroporto Internacional Tocumen (AIT).

Com um orçamento de US$ 102 milhões e prazo de execução da obra de 28 meses, o ramal terá dois quilômetros de extensão. O contrato inclui os serviços de engenharia de projeto, a obra civil, instalações auxiliares e a construção de duas estações.

Também estão previstas conexões com os sistemas integrados ferroviários para a implementação do ramal que liga a linha 2 do metrô ao aeroporto e ao Instituto Técnico Superior do Leste (ITSE), que receberá mais de 5 mil jovens.

O mesmo consórcio já construiu a linha 1, a primeira de metrô de toda a América Central e que foi inaugurada em 2014, e também conduz as obras da própria linha 2, que estão 90% concluídas.