PUBLICIDADE
IPCA
0,24 Ago.2020
Topo

Las Vegas aprova projeto de Elon Musk para agilizar transporte interno

12/03/2019 20h48

Las Vegas, 12 mar (EFE).- A Autoridade de Turismo e Convenções de Las Vegas, nos Estados Unidos, aprovou nesta terça-feira por unanimidade o projeto de Elon Musk para desenvolver, construir e operar um sistema de transporte interno que poderia movimentar com maior rapidez milhões de pessoas nos arredores do centro da cidade.

O inovador sistema consiste em uma série de túneis que conectarão os pontos de passagem essenciais da cidade, assim como o Centro de Convenções, o corredor hoteleiro e o aeroporto McCarran.

Através dos túneis se deslocarão veículos elétricos autônomos de alta velocidade.

Musk, o magnata conhecido por iniciativas empresariais que lhe garantiram renome internacional com empresas como Tesla, SpaceX e agora The Boring Company, apresentou esta iniciativa em dezembro do ano passado, quando comentou que o tempo que se perde no trânsito da cidade do entretenimento pode ser recuperado.

Em comunicado da Autoridade de Turismo e Convenções de Las Vegas (LVCVA, na sigla em inglês), o presidente da organização, Steve Hill, assegurou que "Las Vegas manteve sua reputação como um destino de viagem líder porque a inovação e a hospitalidade nos impulsionam".

Hill acrescentou que "este projeto é um exemplo de como nossos princípios de liderança podem criar uma experiência que beneficie nossa comunidade e visitantes valiosos".

A grande afluência de visitantes por conta de convenções e turismo foi determinante para a decisão das autoridades locais.

Apenas em 2018, 42 milhões de pessoas visitaram Las Vegas, enquanto anualmente uma média de 12 milhões de passageiros se locomovem pela cidade através do sistema público de transporte, especialmente na área do famoso corredor hoteleiro.

"Las Vegas é um destino de alta energia e alta tecnologia equipado para dar boas-vindas ao mundo. Estamos encantados de oferecer um sistema que ajudará os visitantes a navegar de maneira eficiente pelas muitas ofertas da cidade", disse, por sua parte, Steve Davis, presidente da Boring Company.

De acordo com seu próprio site, a Boring Company foi selecionada em Chicago para desenvolver, construir, financiar, operar e manter um serviço expresso entre o aeroporto O'Hare e o centro urbano, um projeto ainda em fase de revisão e permissões.

Um estudo realizado pelo Auto Insurance Center indica que uma pessoa perde em média 42 horas ao ano - mais que o equivalente a uma semana de trabalho - no trânsito de uma grande cidade típica.

Em termos econômicos, essas 42 horas representam uma perda de US$ 960 anuais para cada indivíduo, e acredita-se que, com um sistema de transporte rápido interno, esse tipo de problema se reduziria substancialmente. EFE