PUBLICIDADE
IPCA
0,24 Ago.2020
Topo

Dow Jones fecha praticamente estável

14/03/2019 18h44

Nova York, 14 mar (EFE).- O índice Dow Jones Industrial fechou nesta quinta-feira praticamente estável, em leve alta de 0,03%, em um pregão no qual se destacou a divulgação de dados decepcionantes sobre a venda de novos imóveis nos Estados Unidos.

O principal indicador da Bolsa de Nova York somou 7,05 pontos e chegou a 25.709,94. O seletivo S&P 500 caiu 0,09%, para 2.808,48, e o índice composto da Nasdaq recuou 0,16% e fechou aos 7.630,91 pontos.

Um dos fatores que mais pesaram para o resultado do pregão foi a queda de 6,9% em janeiro deste ano nas vendas de imóveis novos nos EUA, um número maior do que o esperado pelos analistas do mercado e que eles atribuem à influência da paralisação do governo americano, provocada pelas discussões entre o presidente do país, Donald Trump, e a oposição sobre o volume de verbas destinadas à construção de um muro na fronteira com o México.

Os investidores também avliaram o estado das negociações comerciais entre EUA e China, que segundo fontes ouvidas pela rede de televisão "CNBC" podem assinar um pacto durante uma futura visita do presidente chinês, Xi Jinping, a Washington.

Na Nasdaq, os títulos do Facebook influenciaram negativamente no indicador ao caírem 1,4% um dia após os serviços de dois de seus principais aplicativos, Instagram e WhatsApp, sofrerem instabilidade por várias horas.

No Dow Jones, as maiores altas foram das ações de Visa (1,13%), Apple (1,11%), Nike (1,09%), JPMorgan Chase (0,91%) e Merck (0,54%). As quedas mais acentuadas foram dos papéis de Pfizer (-1,95%), Intel (-1,71%), DowDuPont (-1,56%) e Boeing (-1,02%).

No horário de fechamento da bolsa, a onça do ouro caía para US$ 1.295,60, e a rentabilidade dos títulos do tesouro americano com vencimento em 10 anos aumentava para 2,628%. EFE