PUBLICIDADE
IPCA
0,64 Set.2020
Topo

Dow Jones fecha em alta de 0,57%

25/10/2019 18h42

Nova York, 25 out (EFE).- O índice Dow Jones Industrial fechou nesta sexta-feira em alta de 0,57%, estimulado pela divulgação de resultados trimestrais corporativos positivos, sobretudo da Intel, e por avanços nas negociações comerciais entre Estados Unidos e China.

O principal indicador da Bolsa de Nova York somou 152,53 pontos e chegou a 26.958,06. Já o seletivo S&P 500 subiu 0,41%, para 3.022,55, e o índice composto da Nasdaq avançou 0,70% e fechou aos 8.243,70 pontos.

O pregão nova-iorquino se encheu de otimismo hoje após o anúncio de que EUA e China estão "perto de concluir algumas partes" do acordo com o qual tentam pôr fim ao longo conflito comercial.

A informação foi dada pelo Escritório do Representante de Comércio Exterior americano (USTR) após uma conversa com Pequim sobre a "primeira fase" do acordo. Minutos depois, o presidente dos EUA, Donald Trump, ressaltou que as negociações vão "muito bem" e que "um monte de coisas boas estão acontecendo agora".

O confronto comercial entre as duas potências influencia há meses o comportamento de Wall Street, que recebeu nesta sexta-feira a notícias de braços abertos. Segundo alguns analistas do mercado, a resistência que a bolsa nova-iorquina mostrou durante este período de conflito abre a porta para grandes altas caso Washington e Pequim resolvam suas diferenças.

Também ajudaram no rendimento de hoje da bolsa os resultados trimestrais divulgados por várias empresas, especialmente a Intel, cujas ações dispararam 8,10% - a mais alta do dia no Dow Jones - por ter agradado aos investidores ao melhorar suas previsões de lucro e faturamento para o conjunto do ano.

Outras grandes altas no indicador foram dos papéis de Caterpillar (4,41%), 3M (2,61%) e Dow (2%). As piores quedas foram das ações de Coca-Cola (-1,61%), Boeing (-1,38%) e Procter & Gamble (-1,30%).

No conjunto da semana, o Dow Jones acumulou alta de 0,7%. Já o S&P 500 subiu 1,2%, e o Nasdaq Composite, 1,9%.

No horário de fechamento da bolsa, a onça do ouro subia para US$ 1.507,40, e o rendimento dos treasuries com vencimento em 10 anos aumentava para 1,798%. EFE