PUBLICIDADE
IPCA
1,16 Set.2021
Topo

Governo da Espanha aprova pacote de ajuda econômica para empresas

12/03/2021 19h10

Madri, 12 mar (EFE).- O governo da Espanha aprovou nesta sexta-feira um pacote de auxílio para empresas afetadas pela pandemia da Covid-19, com a concessão de ajudas diretas que variarão de 4 mil euros a 200 mil euros (R$ 26,7 mil e R$ 1,33 milhão).

O montante será destinado para companhias e profissionais autônomos que perderam, pelo menos, 30% das receitas por causa da crise sanitária. O valor deverá ser destinado para pagar gastos fixos e dívidas.

Essa é uma das medidas incluídas no pacote de ajuda às empresas dotadas de 11 bilhões de euros (R$ 73,5 bilhões), que foi aprovado hoje pelo Executivo espanhol, após um longo debate entre os integrantes da coalizão formada entre os socialistas (PSOE), que comanda a presidência e os Ministérios da Fazenda e Economia, entre outros, e o partido Unidas Podemos, grupo de esquerda mais voltado para a área social.

Estes fundos, destinados a transferências diretas, recapitalizações e reestruturações de dívidas, servirão para que seja possível enfrentar as perdas sofridas por causa da Covid-19.

Do total das ajudas, 7 bilhões de euros (R$ 46,7 bilhões) serão em auxílios diretos à PMEs e autônomos, e serão geridas pelos governos regionais espanhóis. Já outros 3 bilhões de euros (R$ 20 bilhões) serão para avais destinados à reestruturar a dívida das empresas.

Poderão recorrer a estes avais aquelas empresas que receberam anteriormente empréstimos com autorização do órgão público Instituto de Crédito Oficial.

Já o 1 bilhão de euros (R$ 6,68 bilhões) do pacote serão para a criação de um fundo de recapitalização, voltado para reforçar os balanços de empresas de porte mediano que sejam viáveis no longo e médio prazo.

A vice-presidente da Espanha para Assuntos Econômicos, Nadia Calviño, explicou que o auxílio será destinado para setores como turismo, hotelaria, gastronomia, comércio, além de atividades relacionadas à cultura e esporte.

PUBLICIDADE