Bolsas

Câmbio

Novo diretor da CVM diz que padrão de informação é pobre

Rio - O novo diretor da Comissão de Valores Mobiliários (CVM), Alexandro Broedel Lopes, em sua primeira entrevista coletiva, disse hoje ter uma preocupação especial em fazer as regras serem cumpridas. Ele comentou que o Brasil vive hoje um momento de desenvolvimento da informação no mercado de capitais. "Não há mercado de capitais desenvolvido sem informação desenvolvida", afirmou.

De acordo com ele, o padrão de informação do mercado é "pobre" e está avançando agora para um nível mais desenvolvido e com foco na atividade econômica e não fiscal. Lopes comentou que quanto melhor a qualidade da informação, menor é o custo de captação das empresas e maior a demanda dos investidores.

Segundo o diretor, as mudanças de normas que estão ocorrendo nos últimos anos beneficiam as empresas, por esse motivo, as companhias estão resistindo menos às alterações do que era esperado. Ele lembrou ainda que as novas regras já em vigor exigem, por exemplo, mais informações sobre derivativos.

O diretor não quis comentar a operação de capitalização da Petrobras, afirmando não ter informações sobre o assunto. Ele lembrou também que a CVM tem vagas para contratar 165 novos funcionários. Lopes toma posse na autarquia nesta tarde.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos