Estoque de operações do Tesouro Direto chega a R$ 44,6 bi em abril

Eduardo Rodrigues

Brasília

O estoque do programa Tesouro Direto chegou a R$ 44,6 bilhões em abril, novo patamar recorde para a modalidade de investimento, de acordo com balanço divulgado nesta terça-feira, 23, pelo Tesouro Nacional. O resultado equivale a um crescimento de 2,2% em relação a março deste ano (R$ 43,6 bilhões) e de 45,9% ante abril de 2016 (R$ 30,5 bilhões).

No mês passado, as aplicações no programa chegaram a R$ 1,491 bilhão. Já os resgates em abril totalizaram R$ 871,4 milhões, sendo R$ 870,7 milhões em recompras e R$ 700 mil em vencimentos de títulos.

Os papéis com maior demanda foram os atrelados à inflação, que responderam por 46% das vendas no mês. Em seguida, apareceram os títulos indexados à Selic (36,6%) e os prefixados (17,4%). O valor médio por operação foi de R$ 13.602,59, mas 67% das compras tiveram valor de até R$ 5 mil.

Em abril, o Tesouro Direto registrou 44.389 novos investidores cadastrados, chegando a um total de 1,366 milhão de participantes inscritos - alta de 85,2% nos últimos 12 meses. Já o acréscimo de investidores ativos no mês foi de 14.606, chegando a um total de 476.141 participantes com aplicações no programa.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos