Crédito imobiliário com poupança totaliza R$ 3,56 bi em maio, queda de 8,6%

Renato Carvalho

São Paulo

Os financiamentos imobiliários com recursos da poupança totalizaram R$ 3,56 bilhões em maio, valor 8,6% menor que o registrado no mesmo mês do ano passado, segundo informações da Associação Brasileira das Entidades de Crédito Imobiliário e Poupança (Abecip). Em relação a abril, houve um crescimento de 13,8%.

Nos primeiros cinco meses do ano, foram financiados R$ 16,8 bilhões, montante 8,6% menor do que o apurado em igual período do ano passado.

No acumulado de 12 meses, entre junho de 2016 e maio de 2017, foram aplicados R$ 45 bilhões na aquisição e construção de imóveis com recursos das cadernetas de poupança, retração de 18,1% em relação ao apurado nos 12 meses precedentes.

Quanto ao volume de unidades financiadas, foram 14,6 mil em maio, nas modalidades aquisição e construção. O resultado apresentado é superior ao de abril em 24,4%, mas, na comparação com maio de 2016, houve recuo de 21,8%.

Nos primeiros cinco meses de 2017, os financiamentos destinados à aquisição e construção alcançaram 67,2 mil imóveis, queda de 16,9% em relação a igual período de 2016, quando 80,8 mil unidades foram financiadas pelos bancos.

Nos últimos 12 meses, comparativamente aos 12 meses anteriores, o financiamento imobiliário propiciou a aquisição e a construção de 186 mil imóveis, queda de 25%.

A entidade lembra que em maio, pela primeira vez em 2017, os depósitos nas cadernetas de poupança superaram os saques, resultando em captação líquida positiva de R$ 173 milhões. Para a Abecip, esse indicador é fruto da queda da inflação e dos juros.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos