PUBLICIDADE
IPCA
1,35% Dez.2020
Topo

China promete ampliar assistência para fábricas retomarem operações

Pequim

19/02/2020 05h19

Autoridades na China prometeram oferecer mais assistência tecnológica, legal e financeira para ajudar empresas a retomar operações em meio à epidemia de coronavírus.

O governo chinês vai colocar fábricas em contato com empresas de tecnologia para ajudar a identificar quaisquer elos fracos nas cadeias de suprimento, ajustar a capacidade e compartilhar informações sobre produção entre fabricantes, segundo comunicado divulgado nesta quarta-feira pelo Ministério da Indústria e Tecnologia da Informação do país.

Ontem, o Ministério do Comércio anunciou que Pequim vai emitir certificados de força maior para exportadores e empresas chinesas que não consigam entregar seus produtos nos prazos acertados.

Além disso, governos locais da China têm oferecido prêmios em dinheiro e voos fretados subsidiados para encorajar funcionários a voltarem ao trabalho.

Apesar dos múltiplos esforços, o ritmo de retomada das atividades tem sido lenta. A taxa de retorno de trabalhadores em 15 cidades chinesas subiu levemente entre segunda e terça-feira, de 23,9% a 24,7%, mas continuava muito abaixo do patamar de 98,5% registrado um ano atrás, segundo economistas da Nomura.

Os maiores obstáculos para os empregadores têm sido uma escassez de máscaras para os trabalhadores e a rede de logística, que ainda está em recuperação. Fonte: Dow Jones Newswires.