PUBLICIDADE
IPCA
0,86 Out.2020
Topo

Unctad: pandemia causará queda dramática nos fluxos de investimento direto

Gabriel Bueno da Costa

São Paulo

27/03/2020 08h24

A Conferência das Nações Unidas sobre Comércio e Desenvolvimento (Unctad) afirma que a pandemia de coronavírus provocará uma "queda dramática" nos fluxos de investimento estrangeiro direto (FDI, na sigla em inglês). A entidade diz em comunicado que estimativas atualizadas sugerem agora uma pressão de baixa sobre o FDI que poderia representar uma queda de 30% a 40% durante o período de 2020 e 2021.

A Unctad diz que as projeções de resultados das multinacionais no Top 100 da entidade, um sinalizador das tendências de FDI, confirma a rápida deterioração das perspectivas, com 61% delas emitindo novos comunicados desde a primeira semana de março.

Além de preocupações com a produção e na cadeia de suprimentos ente aquelas com laços fortes com a China, 57% acrescentaram alertas sobre o impacto das vendas diante do choque na demanda global causado pela pandemia. "O covid-19 não é mais apenas um problema de cadeia global de valor", destaca a entidade.

Na média, as 5 mil principais multinacionais monitoradas pela Unctad, que representam parcela significativa do FDI global, têm registrado revisões para baixo de 30% nas suas estimativas de receita em 2020 por causa do coronavírus, "e a tendência deve continuar", diz a Unctad.