PUBLICIDADE
IPCA
-0,38 Mai.2020
Topo

3,1 milhões de pessoas procuram trabalho há 2 anos ou mais, diz IBGE

Carteira de trabalho - Cadu Rolim / Estadão Conteúdo
Carteira de trabalho Imagem: Cadu Rolim / Estadão Conteúdo

Daniela Amorim

Rio

15/05/2020 11h13

No primeiro trimestre de 2020, o país tinha 3,1 milhões de pessoas em busca de emprego por dois anos ou mais, segundo os dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad Contínua) divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

No quarto trimestre de 2019, esse contingente era de 2,9 milhões de desempregados em busca de uma vaga há tanto tempo. Em um trimestre, 200 mil pessoas a mais passaram a essa condição.

Em relação ao primeiro trimestre de 2019, diminuiu em 7,4% o contingente de desempregados há pelo menos dois anos.

No primeiro trimestre de 2020, outros 1,614 milhão de trabalhadores procuravam emprego há mais de um ano, mas menos de dois anos.

O grosso dos desempregados no quarto trimestre, 5,847 milhões, estava em busca de uma vaga havia pelo menos um mês, mas menos de um ano. No quarto trimestre de 2019, havia 5,2 milhões de pessoas em busca de emprego há pelo menos um mês mas menos de um ano, cerca de 600 mil pessoas a mais nessa condição.

Na faixa dos que tentavam encontrar um trabalho havia menos de um mês estavam 2,314 milhões de pessoas. O número de desempregados há menos de um mês cresceu 9,8% no primeiro trimestre de 2020 ante o primeiro trimestre de 2019. No quarto trimestre de 2019, havia 1,9 milhão de desempregados nessa condição, ou seja, 400 mil pessoas a mais buscavam emprego há menos de um mês em apenas um trimestre.

"Houve uma tendência de crescimento nas pessoas que procuram emprego há menos tempo", apontou Adriana, Beringuy, analista da Coordenação de Trabalho e Rendimento do IBGE.

Economia