PUBLICIDADE
IPCA
0,86 Out.2020
Topo

Cotações

Fundos de renda fixa têm menor participação na indústria desde 2016, diz Anbima

Fernanda Guimarães

São Paulo

08/07/2020 13h02

Após uma forte onda de resgates em meio à pandemia do covid-19, a renda fixa terminou o primeiro semestre do ano com a menor participação da indústria de fundos de investimento desde 2016, segundo dados da Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais (Anbima).

Diante de uma indústria com um patrimônio líquido de R$ 5,5 bilhões, os fundos de renda fixa encerraram junho com uma participação de 38,2% do total, ante uma fatia de 42,4% no mesmo intervalo do ano passado. Mesmo um pouco menor, a categoria ainda é, de longe, a de maior representatividade na indústria de fundos brasileira.

"Com patamar muito baixo de taxas de juros os investidores percebem que a renda fixa tradicional é um porto seguro, mas entregam pouco retorno", disse o vice-presidente da entidade, Carlos André.

Os fundos de ações, que ganham destaque no mercado por conta do cenário de juros baixos empurrando os investimentos para ativos de maior risco, fecharam a primeira metade do ano com uma fatia de 8,5% da indústria, ante 7,3% há um ano. Os fundos multimercados também viram a participação crescer na indústria, com 22,9% do total, ante 21% em junho de 2019.

Cotações