PUBLICIDADE
IPCA
0,24 Ago.2020
Topo

Reforma Tributária

Guedes admite rever alíquota de 12% da CBS caso ela se mostre 'exagerada'

Durante live, Paulo Guedes também pediu que setor agrícola "não se espante" com a alíquota - Adriano Machado/Reuters
Durante live, Paulo Guedes também pediu que setor agrícola "não se espante" com a alíquota Imagem: Adriano Machado/Reuters

Lorenna Rodrigues e Camila Turtelli

Brasília

10/08/2020 19h20Atualizada em 11/08/2020 08h25

O ministro da Economia, Paulo Guedes, voltou a dizer que a alíquota de 12% prevista para a CBS (Contribuição sobre Bens e Serviços) poderá ser revista caso se mostre "exagerada". A CBS unifica o PIS e a Cofins e consta na proposta de reforma tributária enviada pelo governo ao Congresso Nacional.

Em live organizada pelo Fórum de Incentivo à Cadeia Leiteira, Guedes pediu que o setor agrícola "não se espante" com a alíquota da CBS porque será permitida dedução ao longo da cadeia.

"O contribuinte receberá crédito quase instantaneamente, não é como hoje que ele tem que ir à Justiça", completou.

O ministro ressaltou que os setores mais atingidos pela CBS serão assistidos por desoneração da folha, que o governo pretende incluir em uma nova etapa de sua reforma tributária.

Em relação ao setor leiteiro, Guedes disse ainda que o câmbio atual torna mais interessantes as exportações do produto.

Reforma Tributária