PUBLICIDADE
IPCA
+0,25 Jan.2021
Topo

AIE eleva previsão para oferta de petróleo fora da Opep+

Paris

11/02/2021 07h28

A oferta global e a demanda por petróleo vão continuar em processo de reequilíbrio neste ano, após os transtornos causados pela pandemia de covid-19 em 2020, segundo relatório divulgado nesta quinta-feira, 11, pela Agência Internacional de Energia (AIE). Apesar de elevar sua estimativa para a produção mundial de petróleo em 2021, a AIE afirmou em seu documento que a recuperação da demanda deverá superar o aumento da oferta no segundo semestre, levando a uma "rápida diminuição dos estoques" excedentes de petróleo formados desde o surgimento do coronavírus.

A agência ampliou sua projeção para o aumento na oferta de países fora da Opep+ (formada pela Organização dos Países Exportadores de Petróleo - Opep - e aliados que incluem a Rússia) neste ano em 290 mil barris por dia (bpd), a 830 mil bpd. Em 2020, a oferta sofreu queda de 1,3 milhão de bpd em meio à crise da covid-19.

Ao mesmo tempo, a AIE cortou sua previsão para demanda global por petróleo em 2021 em 200 mil bpd, a 96,4 milhões de bpd, representando cerca de 3% menos do que em 2019, antes, portanto, do início da pandemia. A agência ressaltou, porém, que parte da revisão se deve a mudanças em dados históricos.

Ainda no relatório, a AIE estima que o cumprimento do acordo de restrição da oferta pela Opep+ ficou em 103% em janeiro, embora a produção do grupo tenha crescido 360 mil bpd no último mês.

A agência também calcula que os estoques de petróleo da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) sofreram diminuição de 44,6 milhões de barris (ou 1,4 milhão de bpd) em dezembro e continuaram recuando em janeiro. Fonte: Dow Jones Newswires.