PUBLICIDADE
IPCA
+0,93 Mar.2021
Topo

Ministério da Economia mantém projeção de alta de 3,20% para PIB de 2021

Eduardo Rodrigues e Gregory Prudenciano

Brasília e São Paulo

17/03/2021 10h24

Mesmo diante do recrudescimento da pandemia de covid-19 no Brasil e das novas medidas de isolamento social tomadas por diversos governadores, o Ministério da Economia manteve sua projeção para o crescimento da economia em 2021, com uma alta de 3,20% no Produto Interno Bruto (PIB). A previsão consta na grade de parâmetros da Secretaria de Política Econômica (SPE), divulgada nesta quarta-feira, 17. A projeção é a mesma do último boletim, publicado ainda em novembro do ano passado.

"As incertezas são elevadas com os desafios de enfrentamento à pandemia, mas deve-se considerar os indicadores no primeiro bimestre que apontam continuidade da recuperação da atividade econômica", argumentou a SPE.

Para 2022, a projeção de crescimento continuou em 2,50%. O ministério também manteve as estimativas de crescimento da economia de 2023 e 2024, ambas em 2,50%. Para 2015, a estimativa é a mesma, de 2,50% de alta no PIB.

"As medidas tomadas pelo Governo Federal em conjunto com o Congresso Nacional continuam relevantes para mitigar os efeitos negativos sobre a economia brasileira. No entanto, é importante destacar que a retomada do crescimento sustentável da economia ocorrerá com a elevação da produtividade através das reformas estruturais e do processo de consolidação fiscal", acrescentou a SPE.

No último relatório Focus, os analistas de mercado consultados pelo Banco Central estimaram crescimento de 3,23% para o PIB de 2021. Para 2022, a estimativa é de alta de 2,39%.