PUBLICIDADE
IPCA
0,47 Mai.2022
Topo

Morre Jorge Fontes Hereda, ex-presidente da Caixa Econômica Federal, aos 64 anos

Jorge Hereda presidiu a Caixa Econômica Federal de 2011 a 2015 - José Cruz/Agência Brasil
Jorge Hereda presidiu a Caixa Econômica Federal de 2011 a 2015 Imagem: José Cruz/Agência Brasil

Redação

São Paulo

10/07/2021 00h48Atualizada em 10/07/2021 07h44

Jorge Fontes Hereda, arquiteto e ex-presidente da Caixa Econômica Federal, morreu nesta ontem, aos 64 anos. A informação foi confirmada pelo Partido dos Trabalhadores (PT) da Bahia. A causa da morte do ex-presidente da Caixa não foi divulgada.

Em nota, o PT-BA "destaca a competência e o compromisso de Hereda na prestação do serviço público". Ele atuou entre os anos de 2003 e 2005 como secretário de Habitação do Ministério das Cidades, no governo Lula. Ele também foi secretário estadual de Desenvolvimento Econômico no governo de Rui Costa, na Bahia.

Na Caixa, ele atuou como vice-presidente de 2005 a 2011, quando assumiu a presidência do banco. Ele deixou o posto quatro anos depois, em 2015.

Pelas redes sociais, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva lamentou a morte de Hereda, dizendo que ele "ajudou a construir um dos maiores programas habitacionais do mundo, o Minha Casa Minha Vida". Já a ex-presidente Dilma Rousseff disse que ele "fará muita falta ao País."

Rui Costa, também pelas redes sociais, apontou que Hereda "será lembrado por seu trato amigável e empático, além da grande inteligência". Nelson Barbosa, ex-ministro da Fazenda e Planejamento de Dilma e ex-secretário de Política Econômica de Lula, disse que o ex-presidente da Caixa foi "crucial na formulação e execução do programa Bolsa Família, Minha Casa Minha Vida e expansão de crédito pela Caixa."