PUBLICIDADE
IPCA
0,87 Ago.2021
Topo

Pfizer tem salto em lucro líquido e receita no 2º trimestre

Em parceria com a alemã BioNTech, a Pfizer fabricou uma das principais vacinas contra a covid-19 - Jack Guez/AFP
Em parceria com a alemã BioNTech, a Pfizer fabricou uma das principais vacinas contra a covid-19 Imagem: Jack Guez/AFP

Iander Porcella

Em São Paulo

28/07/2021 08h19

A farmacêutica americana Pfizer teve lucro líquido de US$ 5,563 bilhões no segundo trimestre deste ano, segundo o balanço divulgado hoje. O resultado é 59% maior do que o ganho de US$ 3,489 bilhões registrado em igual período do ano passado.

Em parceria com a alemã BioNTech, a Pfizer fabricou uma das principais vacinas contra a covid-19. Com ajustes, o lucro por ação entre abril e junho foi de US$ 1,07, valor acima da previsão de analistas consultados pela FactSet, de US$ 0,97.

A receita da Pfizer, por sua vez, teve crescimento anual de 92% no segundo trimestre, a US$ 18,977 bilhões. Apenas a faturamento com vacinas cresceu 640,5%, a US$ 9,234 bilhões.

Para o ano inteiro, a Pfizer elevou sua previsão de lucro ajustado por ação, de uma faixa de US$ 3,55 a US$ 3,65 no balanço anterior para um intervalo entre US$ 3,95 a US$ 4,05.

A projeção de receita, por sua vez, aumentou da faixa de US$ 70,5 bilhões a US$ 72,5 bilhões para o intervalo de US$ 78 bilhões a US$ 80 bilhões.

"O segundo trimestre foi notável de várias maneiras. Mais visivelmente, a velocidade e eficiência de nossos esforços com a BioNTech para ajudar a vacinar o mundo contra covid-19 foram sem precedentes, com mais de um bilhão de doses de BNT162b2 sendo entregues globalmente", afirmou o CEO da Pfizer, Albert Bourla, no comunicado aos acionistas.

Após a divulgação do balanço, a ação da farmacêutica oscilava no pré-mercado de Nova York. Às 8h05 (de Brasília), o papel caía 0,26%, depois de ter operado em alta.

PUBLICIDADE