PUBLICIDADE
IPCA
0,73 Dez.2021
Topo

Queda do PIB coloca Brasil na 26ª posição em ranking de 33 países de agência

No ranking da agência Austin Rating divulgado em setembro, referente ao segundo trimestre, o Brasil ocupava a 28ª posição numa lista maior - Getty Images
No ranking da agência Austin Rating divulgado em setembro, referente ao segundo trimestre, o Brasil ocupava a 28ª posição numa lista maior Imagem: Getty Images

Bruno Villas Bôas, Daniela Amorim e Vinicius Neder

Do Estadão Conteúdo, no Rio

02/12/2021 10h50Atualizada em 02/12/2021 18h10

A queda de 0,1% do Produto Interno Bruto (PIB) no terceiro trimestre de 2021 comparado ao segundo trimestre do ano levou o Brasil para a 26ª posição no ranking de 33 países da agência classificadora de risco Austin Rating. Com isso, o País ficou bem atrás de outros sul-americanos como forte crescimento, como Colômbia (5,7%), Chile (4,9%) e Peru (3,6%).

Em um trimestre de elevado preço do barril de petróleo, a Arábia Saudita (expansão de 5,8%) aparece na liderança do ranking.

Os Estados Unidos estão na décima posição, com crescimento de 2,1%.

A China está apenas na 21ª posição, com avanço de 0,8%.

As variações consideram a taxa do terceiro trimestre frente aos três meses imediatamente anteriores.

No ranking da agência Austin Rating divulgado em setembro, referente ao segundo trimestre, o Brasil ocupava a 28ª posição numa lista maior, de 44 países.

PUBLICIDADE