PUBLICIDADE
IPCA
1,06 Abr.2022
Topo

CVM emite alerta sobre irregularidades em quatro plataformas de investimentos

Plataformas sem autorização para operar no Brasil se apresentam como corretoras, intermediárias e provedoras - Getty Images/iStockphoto
Plataformas sem autorização para operar no Brasil se apresentam como corretoras, intermediárias e provedoras Imagem: Getty Images/iStockphoto

No Rio de Janeiro

18/01/2022 16h29Atualizada em 18/01/2022 16h57

A CVM (Comissão de Valores Mobiliários) emitiu um alerta ao mercado sobre a atuação irregular da Nymstar Limited, Exness BV, Venico Capital Limited e Vlerizo LTD, empresas sediadas no exterior e que oferecem pela internet plataformas de trade de moedas, metais, ações e outros ativos.

Segundo a SMI (Superintendência de Relações com o Mercado e Intermediários) da CVM, há indícios de que as empresas se apresentam como responsáveis no site exness.com/pt e buscam captar recursos de investidores brasileiros.

"Tal prática era feita por meio da página na internet e de perfis em redes sociais", detalha a CVM.

As quatro empresas não têm autorização da CVM para intermediar valores mobiliários.

A autarquia determinou, assim, a imediata suspensão de veiculação de oferta pública de serviços de intermediação de valores mobiliários, de forma direta ou indireta, pelas empresas, sob pena de uma multa diária de R$ 1 mil.

Na página na internet, a Nymstar se apresenta como uma corretora de valores sediada em Seicheles.

A Exness seria uma intermediária de valores mobiliários de Curaçao.

A Exness tem, supostamente, sede nas Ilhas Virgens Britânicas.

E a Vlerizo seria uma provedora de serviços financeiros na África do Sul.