IPCA
0,83 Abr.2024
Topo

Haddad diz entender ansiedade do mercado, de 'meninada na frente do computador'

Ministro da Fazenda afirmou ter dito ao presidente Lula que o início do governo seria difícil, mas a incerteza eventualmente se dissiparia. - Reprodução/BTG
Ministro da Fazenda afirmou ter dito ao presidente Lula que o início do governo seria difícil, mas a incerteza eventualmente se dissiparia. Imagem: Reprodução/BTG

Cícero Cotrim e Thaís Barcellos

Em São Paulo e Brasília

15/02/2023 10h56

O ministro da Fazenda, Fernando Haddad, disse nesta quarta-feira, 15, que a ansiedade do mercado com as primeiras medidas do governo é compreensível, mas vai se dissipar. Ele participa de evento organizado pelo BTG Pactual.

"Entendo ansiedade do dito mercado, essa meninada que fica na frente do computador dando ordem de compra, ordem de venda", disse Haddad. "Cada espirro lá em Brasília gera uma enorme turbulência."

Ele afirmou ter dito ao presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, que o início do governo seria difícil, mas a incerteza eventualmente iria se dissipar, à medida que novas medidas na área econômica são anunciadas.

Segundo Haddad, o governo anterior deixou uma herança negativa de R$ 300 bilhões, incluindo o déficit dos Estados. Mesmo assim, o ministro disse que os "erros" da administração Bolsonaro permitiram a eleição de Lula.

"Não vim aqui ficar reclamando, porque, se não fossem os erros que foram cometidos, nós não teríamos ganhado a eleição. Ganhamos sabendo o que estávamos herdando e vamos enfrentar", afirmou o ministro da Fazenda.