IPCA
0,42 Fev.2024
Topo

Após 'mal da vaca louca', Rússia reabre mercado para carne bovina ao Brasil, diz ministério

São Paulo

07/04/2023 12h40

A Rússia informou ao governo brasileiro que voltará a comprar a carne bovina do País. O país havia suspendido, em 1º de março, a importação de carne do Estado do Pará, onde foi registrado um caso atípico de Encefalopatia Espongiforme Bovina (EEB), conhecido como "mal da vaca louca", em 23 de fevereiro.

Em nota, o Ministério das Relações Exteriores (MRE) diz que o anúncio "representa a plena normalização do comércio do produto com os russos".

A pasta lembra que, assim como Rússia, as Filipinas e outros mercados importantes ao comércio da proteína já haviam retomado as compras da carne vermelha.

Em 23 de março, a China, maior comprador da proteína, também anunciou a retomada das compras da carne brasileira. A Organização Mundial de Saúde Animal (OMSA) reiterou recentemente que o Brasil tem risco insignificante para a doença.

O MRE diz que sua rede de embaixadas, em conjunto com as adidâncias agrícolas do Ministério da Agricultura em países estratégicos, "segue atuando desde a ocorrência do caso" de EEB para evitar fechamentos indevidos de mercados.

Em 2022, as exportações de carne bovina para a Rússia somaram cerca de US$ 165 milhões em receita, com a aquisição de 24 mil toneladas do produto.

As Filipinas são o sexto destino das exportações, somando US$ 275 milhões em receita no período, com o volume de 61 mil toneladas adquiridas.