IPCA
0,83 Mai.2024
Topo

Sistema tributário brasileiro está falido e precisa de uma reforma, diz presidente da Fiesp

São Paulo

25/05/2023 12h07

O sistema tributário brasileiro está falido e precisa de uma reforma, disse nesta quinta-feira, 25, o presidente da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), Josué Gomes, durante abertura do "O Dia da Indústria", evento que a entidade patronal da indústria paulista patrocina nesta quinta em São Paulo.

O evento que contou na sua abertura com o presidente do BNDES, Aloizio Mercadante, terá ainda na parte vespertina as presenças do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, do vice-presidente da República e ministro do Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços, Geraldo Alckmin, e do ministro da Fazenda, Fernando Haddad, entre outras autoridades.

"O sistema tributário brasileiro está falido e precisa de uma reforma", disse o presidente da Fiesp.

Ele disse ver com o naturais as desconfianças que giram em torno das propostas de reforma tributária. Por isso, disse, o texto que embasará a reforma precisa ser claro e conter tópicos que mitiguem essa desconfiança. Para ele, é importante que toda a sociedade esteja apoiando a reforma tributária.

O executivo aproveitou seu momento de fala no evento para reiterar a defesa da Fiesp à adoção de um Imposto sobre Valores Agregados (IVA) Dual pelo sistema tributário reformado, caso a reforma seja aprovada.

IVA Dual é uma espécie de "Imposto sobre Bens e Serviços (IBS), de modelo dual, com a extinção de apenas cinco tributos (IPI, PIS, Cofins, ICMS e ISS) no lugar dos nove tributos originalmente previstos para substituição por um único IBS. No lugar desse único IBS, a proposta sugere a rigor dois tributos, de papel complementar".