Topo

Brasil ocupa 6º lugar entre países com maior volume de ativos em fundos de pensão

19/02/2016 12h52

SÃO PAULO - Segundo levantamento realizado pela empresa Willis Towers Watson, os ativos dos fundos de pensão do Brasil tiveram crescimento médio anual de 8,1% durante 10 anos. O aumento é o sexto mais elevado entre os 19 países pesquisados, ficando acima do apresentado por países como Estados Unidos (5,8%), Reino Unido (6,8%), Canadá (7,6%) e Holanda (7,3%).

De acordo com o estudo, os ativos das fundações brasileiras somaram US$ 180 bilhões no ano passado, um crescimento de US$ 42 bilhões desde 2005.

De acordo com José Ribeiro Pena Neto, presidente da Associação Brasileira das Entidades Fechadas de Previdência Complementar (Abrapp), os dados da pesquisa comprovam a força e a solidez do sistema de fundos de pensão brasileiro, que além de ser reconhecido no mundo todo, serve como fonte de recursos para projetos de investimento de longo prazo.

 

 

Mais Economia