Cidade sueca implantou a jornada de trabalho de 6 horas e resultados foram surpeendentes

SÃO PAULO – A redução da jornada de trabalho é vista por uns como uma perda na produtividade, mas um experimento na Suécia mostrou que os resultados podem ser positivos. A cidade de Gothenburg, na Suécia, diminuiu a carga horária de funcionários de um hospital, uma fábrica e uma startup de tecnologia de 40 horas semanais, correspondente a oito horas de trabalho por dia útil da semana, para uma jornada de seis horas por dia.

Como contou o Business Insider, a casa de cuidados Svartedalens fez a redução da jornada no início de setembro de 2015 e divulgou níveis de atendimento melhores que os anteriores e foram elogiados pela equipe. Uma das enfermeiras chegou a dizer que se sentia menos cansada e possuía mais energia para trabalhar.

O hospital que adotou a medida reduziu o horário de 89 enfermeiras e médicos e contratou novos 15 funcionários para compensar as horas perdidas, mas, desde então, menos funcionários apresentaram doenças, mais cirurgias foram realizadas e pacientes passaram menos tempo esperando.

Antes disso, em 2013, a startup de tecnologia Brath também fez a mudança – e, por sua vez, também divulgou melhores lucros.

Além dos experimentos terem apresentado resultados melhores para as empresas, um dos maiores especialistas em psicologia do trabalho, K. Anders Ericsson, já mostrou estudos que apontam que as pessoas só se mantêm produtivas por quatro ou cinco horas de trabalho diário. Trabalhando mais do que esse período, os funcionários podem passar a ter maus hábitos, como o de divagar, se distrair com as redes sociais, etc.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos