As próximas empresas de tecnologia que devem ser compradas, segundo o Goldman

SÃO PAULO – Nesta segunda-feira, a Microsoft anunciou a compra do LinkedIn por US$ 26,2 bilhões. O movimento foi ousado e chamou a atenção, mas não é algo isolado.

Na sexta-feira, 10, analistas do Goldman Sachs atualizaram uma lista de empresas dessa indústria que possivelmente serão compradas em 12 meses, conforme mostrou o Business Insider.

Dentro dessa lista, a possibilidade de compra ou fusão do LinkedIn estava entre 15% e 30%. Confira a seguir uma lista das empresas que o Goldman acredita ter chances entre 30% e 50% de se envolverem em aquisições e fusões nos próximos meses:

Acacia Communications

Valor de mercado: US$ 1,5 bilhão

Essa empresa possui produtos usando redes ópticas de alta velocidade e teve seu IPO um mês atrás, no dia 13 de maio.

Lumentum

Valor de mercado: US$ 1,5 bilhão

No primeiro trimestre, o lucro da Lumentum foi de US$ 230,4 milhões, 16% a mais que o mesmo período do ano passado. Seu produto são partes de lasers e fibra óptica, e a empresa cita que a demanda na China é forte e crescente.

Cornerstone OnDemand

Valor de mercado: US$ 2,5 bilhões

Com um serviço eletrônico de treinamento e recrutamento, a empresa teve um salto de 34% na receita do primeiro trimestre em comparação com o mesmo período do ano passado, para US$ 99,3 milhões.

Criteo

Valor de mercado: US$ 3,2 bilhões

Francesa, a Criteo aposta no mercado de anúncios focado em pessoas que já buscaram determinado produto e buscam opções melhores. A empresa manteve o crescimento mesmo em momentos em que outras empresas de tecnologia tinham problemas.

Pandora Media

Valor de mercado: US$ 2,8 bilhões

Pioneiro, o serviço de streaming e rádio pela internet da Pandora está sofrendo com uma competição brutal de gigantes como Apple e Google. Desde o lançamento em 2011, a empresa não dá lucro. O maior acionista da empresa, Keith Meister, disse à empresa que ela deveria buscar um comprador no mês passado.

Zynga

Valor de mercado: US$ 2,3 bilhões

Alguns dos jogos mais famosos dos últimos anos, como FarmVille, foram criados pela Zynga. Com um primeiro trimestre melhor que o esperado e receita de US$ 187 milhões, a empresa viu suas ações saltarem.

MACOM Technology Solutions

Valor de mercado: US$ 2,1 bilhões

Desenvolvedora de partes para rádios, micro-ondas e semicondutores, a MACOM teve um prejuízo de US$ 7,2 milhões por custos operacionais no trimestre, mais que o ano anterior, mas a receita cresceu 15% ante 2015 para US$ 133,6 milhões.

SunEdison Semiconductor

Valor de mercado: US$ 235 milhões

A SunEdison é uma empresa de semicondutores que abriu capital em 2014. Recentemente, os altos custos operacionais vêm trazendo à tona algumas dificuldades para a companhia.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos